8 de mai de 2012

QUERIDA MAMÃE * Homenagem ao Dia das Mães

Existem pessoas supondo que já se esgotaram as literaturas dedicadas às queridas mamães, estão redondamente enganadas. Basta olharem para aquela que as criaram com tanto amor e carinho que saberão de novas criações.

Oh! Quanta dedicação e bondade em seu coração.
Não podemos esquecer o quanto é significativo poder viver a maior parte de nossa vida sabendo da existência desse bem maior que Deus nos deu, a mãe. Recorrê-la em qualquer momento a uma opinião ou a um conforto, não existe nada mais reanimador. Seja nova ou idosa, pobre ou rica, preta ou branca, possui uma sabedoria infinita recheada de ótimos conselhos e de muito amor.
Mãe é mãe dizem os mais aflitos, mas é muito mais que isto. É capaz de acalmar a turbulência daqueles dias tristes que às vezes nos esbarramos. Está sempre disposta a ajudar emocionalmente ou financeiramente. Nunca recusa a fazer qualquer sacrifício pelos filhos. Mesmo aqueles que não as têm do lado de cá ou não as conheceram, sabem o valor e a importância de mantê-la viva em sua memória.

Teria que se construir milhares de pódios para que todas as mães brasileiras subissem neles e pudessem ser reverenciadas diariamente, em especial na data que foi escolhida para serem consagradas, porque são vitórias conquistadas diariamente superiores a quaisquer disputas.


Querida Mãe:
Nascer do seu ventre foi à glória de minha vida.
Por tudo que espalhou em meu caminho.
Senhora mãe com dedicação infinita.
Dos primeiros passos até me virar sozinho.
Querido Pai:
Deus sabe o poder de todas elas.
Por isso longe ou perto são benditas.
Como sumos de purezas nas pétalas.
Mostram misericórdias tão definidas.
Queridos Irmãos:
São gotas da paixão e lealdade.
Respingos que se espalham pelo lar.
Reflexão consciente de pura bondade.
Que reflete nos filhos como o luar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado:

Mulher e seus sonhos

Mulher e seus sonhos
‎"É difícil não ser o que não somos, se não somos nada além disso." Hugo Dalmon