Mostrando postagens com marcador perolaspontochic. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador perolaspontochic. Mostrar todas as postagens

2 de nov de 2015

Pérolas... fascinantes gemas.


Considerada a “Rainha das Gemas”, a pérola é um verdadeiro presente da natureza: toda a sua beleza aparece no instante em que é extraída da ostra. Ela é a única gema que não necessita lapidação nem polimento, já nasce pronta para ser usada na joalheria.

Pérolas de Água Doce
No lago de Biwa, no Japão, vive o molusco Hyriopsis Schelegeli, que dá origem à perola Biwa, considerada hoje como a melhor pérola de água doce do mundo, por sua qualidade e beleza.

Pérolas de Água Salgada
As pérolas de água salgada são produzidas pelo molusco japonês Akoya e podem medir de 2mm a 10mm de tamanho.

Diferença entre pérolas naturais e cultivadas
As naturais, por definição, são encontradas em moluscos por mergulhadores, sem que tenha ocorrido qualquer interferência em usa formação. São muito raras e o trabalho de prospecção é tão difícil que, desde 1916, elas não são mais procuradas. A maior parte das pérolas naturais foi encontrada por acaso. As pérolas se formam quando um grão de areia ou qualquer outro material estranho entra na ostra. Para se proteger, ela libera uma substância chamada nácar, que vai cobrindo o grão de areia até formar a pérola.
A crescente demanda de pérolas levou o homem a cultivá-las em grandes quantidades. Estas pérolas cultivadas não são uma imitação, mas sim um produto natural originado com a colaboração do homem. Para isso dá-se o seguinte processo: pequenas esferas de madrepérolas são inseridas no interior do molusco, que leva de três a quatro anos para formar uma pérola de bom tamanho. A introdução do núcleo no molusco exige mãos hábeis. As mulheres são as mais apropriadas a este trabalho; podem trabalhar de 300 a 1.000 ostras por dia. Quase todas as pérolas comercializadas hoje são cultivadas e em nada diferem das naturais em beleza, textura e durabilidade.

Curiosidades
Você sabia que as pérolas dos Mares do Sul (South Sea) são as maiores e mais raras de todas as pérolas.
As pérolas negras são comumente chamadas de “Pérolas do Taiti” e podem ter um tom em cinza claro ou em um arco-íris de cores.
Existem registros de que no apogeu do Império Romano, quando a febre de pérolas estava no auge, o General Romano Vitellius financiou um exército militar graças à venda de um único par de brincos de pérolas de sua mã

Curiosidades sobre pérolas.

Considerada a rainha das gemas. Há 6.000 anos o homem valoriza e se adorna com estas obras-primas da natureza.

Estas “Lágrimas do Mar” são formadas a partir da introdução acidental de agentes irritantes – como grãos de areia que penetram dentro do molusco, a partir da agitação ocasional das águas. O molusco consegue expelir a maioria destes agentes, mas não todos. Como um mecanismo de defesa, o molusco envolve esse agente irritante com sucessivas camadas de nácar, dando origem a cobiçada pérola, gema que a natureza entrega pronta.

Formatos: Redonda, Oval, Batata, Meia pérola, Dente, Moeda, Facetada, Oitinho, Gota.
Tamanhos: de 2mm a 12mm.
Cores: Negra, Rosada, Champagne, Marrom-dourada, Verde, Azul, Roxa, Amarela.

Mulher e seus sonhos

Mulher e seus sonhos
‎"É difícil não ser o que não somos, se não somos nada além disso." Hugo Dalmon